Telefone Contato (82) 3522-1622

|

Email Contato contato@hnsbc.com.br

Histórias reais marcam evento sobre prevenção ao suicídio em Arapiraca

O histórico de suicídios em seu lar não tirou da advogada Paula Tainá a coragem de falar sobre o assunto. Ela foi uma das palestrantes do evento “Falar é a melhor solução”, promovido pelo Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, em Arapiraca, e que teve como foco o Setembro Amarelo. A culminância da programação […]

4 de novembro de 2019

Histórias reais marcam evento sobre prevenção ao suicídio em Arapiraca

O histórico de suicídios em seu lar não tirou da advogada Paula Tainá a coragem de falar sobre o assunto. Ela foi uma das palestrantes do evento “Falar é a melhor solução”, promovido pelo Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, em Arapiraca, e que teve como foco o Setembro Amarelo. A culminância da programação aconteceu nesta segunda-feira (30).

No evento, dividindo a bancada com a jovem, o provedor do Hospital, Geraldo Magela, e a assistente social Eliane Félix, coordenadora do Núcleo de Humanização. O debate aconteceu no auditório que leva o nome do jovem Michell Alexandre, falecido em 2017, vítima de suicídio.

“O que você faz com o sofrimento é o que vai definir sua vida. O presente é tudo que a gente tem. Pensem em todos os dias quando acordarem: qual o sentido da vida? Para mim, qual é a minha missão? Sempre continuar”, falou Paula, que perdeu três irmãos de forma similar.

Ainda segundo Paula, que é vice-presidente da Mulher Advogada da OAB Arapiraca, os fatos ocorridos em sua família despertaram nela o sentido da vida e do valor das pessoas, ensinando, através da dor e do sofrimento, a tentar ser uma pessoa melhor, dando mais valor ao próximo.

O evento teve abertura musical com o cantor Neusvaldo, que entoou o hino nacional ao som do saxofone, além da participação do artista Lobinho e do cantor César Soares, que também relatou sua luta contra a depressão.

Para o provedor Geraldo Magela, o evento representa um cuidado com toda equipe, além de permitir a reflexão sobre o sentido da vida e das relações. “A gente precisa aceitar o outro sem julgamentos”, colocou.

Setembro Amarelo
O Setembro Amarelo foi destaque durante todo o mês no Hospital Regional de Arapiraca através de uma série de dinâmicas, palestras e conversas.

“Trabalhamos no sentido de tocar no coração uns dos outros, fortalecendo relações e falando que estamos aqui, queremos ouvir você”, falou Eliane Felix, que fez a abertura do evento com uma dobradinha com o cantor Cezar Soares. Eles cantaram a música “Como vai você”, de Roberto Carlos.

Estresse Médico

Um dos temas abordados na programação foi o Estresse Médico, relacionado às rotinas hospitalares, familiares e de relação próxima com sofrimentos, o que tem levado esses profissionais também ao ranking do suicídio.

“Essa é uma preocupação social, pois não difere classe social, financeira, idade. Precisamos buscar uns nos outros ajuda e melhorias de relacionamento, tratando do ser humano em sua saúde mental também”, comentou o diretor médico Ulisses Pereira.

A palestra contou com a presença de funcionários, colaboradores, diretores e convidados.